home NOTÍCIAS 2.438 views #

ESPAÇO MEMÓRIA: Corpus Christi de Capanema

Escrito por Fernando Jares

A procissão de Corpus Christi em Capanema é uma manifestação que traduz a fé viva e a religiosidade de seu povo, transformando-a num espetáculo belíssimo e inédito na região.

Já há muitos anos, por iniciativa de frei Hermes Recanatti, enfeitava-se a frente das casas em todo o percurso da procissão, com toalhas rendadas, quadros, plantas, flores, etc. Em 1976 alguns jovens planejaram enfeitar o percurso por onde passaria a procissão com um tapete ornamental no solo. Juntaram flores e folhas e começaram o trabalho às 3 horas do dia do Corpo de Deus. Ao amanhecer o dia, apenas 4 quarteirões estavam concluídos. Mas maravilharam os olhos de toda a população. A semente estava lançada. E frutificaria.

No ano seguinte o grupo recebeu apoio de praticamente todos os movimentos jovens e escolas da cidade, o que continua acontecendo a cada ano. Hoje praticamente toda a juventude capanemense trabalha no empreendimento.

A comunidade toda é requisitada. Todos sentem prazer em ajudar da melhor forma possível. Uns doam tintas, outros oferecem seus veículos para transportar pessoas e materiais, doam faixas e há aqueles que durante o ano cuidam de suas plantas e flores para as oferecer aos grupos que fazem a ornamentação. E há ainda muitos que ficam em casa preparando lanches e café para os que estão realizando os trabalhos. Com antecedência, funcionários do DER e da Prefeitura cuidam do calçamento de todo o percurso da procissão. E na tarde de quarta feira começa a grande movimentação: são pessoas que andam de um lado para outro, medindo, marcando, isolando ruas, comerciantes e famílias, que começam a cuidar dos enfeites para as fachadas de suas casas. São jovens, adultos e crianças que se movimentam. Assim passam a noite procurando realizar o melhor trabalho de todo o trajeto – cada grupo é responsável por um quarteirão, que muda a cada ano.

O grande dia

Ao nascer a quinta feira de Corpus Christi, é lindo ver o resultado do esforço do capanemense.

A festa inicia com a Santa Missa, concelebrada pelo vigário e sacerdotes vindos de outras paróquias, bispos e arcebispos. Logo após a grande multidão sai às ruas, levando sob o pálio o ostensório com o Corpo de Cristo, aclamando-o com cânticos, orações e pedidos de bênçãos para sua pátria e seu lar.

Após a procissão, em cada semblante vê-se um certo cansaço, misturado a uma alegria infinita, de ter podido, mais um ano, estar junto àquele grupo, preparando mais uma festa extraordinária em honra de seu Deus.

O corpo está cansado, as mãos sujas de tintas, nas ruas as flores estão murchas e pisadas, os desenhos feitos com tanto esmero estão desfeitos. O vento levanta a poeira do pó de serra usado. Mas o coração está em júbilo, e em cada semblante está estampada a felicidade: pelas ruas de sua cidade passou e foi aclamado o seu Deus, o seu Rei.

Escrito por Fernando Jares  

Jornalista de Belém do Pará

2.438 viewsPublicado por: Portal Capanema | em: 09/06/2017
COMENTE:
rgr capanema1
rgr capanema1
previous arrow
next arrow
rgr capanema
rgr capanema
previous arrow
next arrow