home NOTICIA GERAL-02 154 views # #BRASIL

É hoje! Brasil encara Camarões pela liderança do Grupo G

O lateral Daniel Alves tem a chance de calar os críticos e mostrar que não foi ao Qatar só para “tocar pandeiro”.


Daniel Alves sobreviveu a uma grave lesão, a recentes passagens apagadas por diferentes clubes, à desconfiança e às críticas por ter sido convocado. Depois de tudo isso, será o mais velho jogador a atuar pela seleção brasileira em uma Copa do Mundo. O lateral de 39 anos está escalado para a partida de hoje (2), contra Camarões.
O confronto no estádio Lusail, às 16h (de Brasília) será pela última rodada do Grupo G. Pelo fato de o time estar classificado, com seis pontos e 100% de aproveitamento, Tite vai poupar titulares. Mas a primeira posição da chave não está garantida. Para não depender do resultado de Suíça x Sérvia, a seleção precisa ao menos do empate.
Daniel Alves vai ocupar a vaga de Danilo, que lesionou o tornozelo esquerdo na primeira rodada, diante da Sérvia. Contra a Suíça, na rodada seguinte. Tite preferiu improvisar o zagueiro Eder Militão no setor.

Escolhido para falar com a imprensa ontem (1º), Daniel Alves poderia ir pronto para a guerra depois de ouvir tudo o que foi falado sobre ele. Da lista de 26 jogadores chamados por Tite, o nome do lateral foi o mais contestado. Está há mais de três meses sem jogar e tem contrato com uma equipe do México, o Pumas, não um time que atua em uma liga de ponta do futebol mundial. Antes disso, saiu do São Paulo sem ter brilhado como se esperava.

Se a experiência dele serve em campo, também tem serventia fora dele. Eloquente e bem-humorado, tirou de letra as perguntas. Com a frase “se tiver que tocar pandeiro, eu vou ser o melhor pandeirista que você verá”, arrancou risos. Sentiu-se à vontade o tempo todo na sala do Qatar Convention Center.

“Seleção e Copa não são somente estar no melhor momento no clube. É estar no melhor momento dentro da seleção. Isso eu tento fazer desde 2003, quando cheguei pela primeira vez”, lembrou.

Tite nunca fez muita questão de esconder ter chamado o veterano lateral mais pelo que ele representa fora de campo, pela experiência e capacidade de unir o grupo. Mas ele já estava decidido a chamá-lo fazia muito tempo.

Quando Alves sofreu lesão no ligamento do joelho direito em 2018, a dois meses da Copa da Rússia, parecia fim de linha. Estava com 35 anos e se preparava para o que seria, na teoria, seu último Mundial. Não era fácil imaginá-lo no Qatar. Mas Tite lhe prometeu na época que, se estivesse em boas condições físicas em 2022, seria convocado.

Por isso Alves se empenhou muito nos últimos meses e foi treinar no Barcelona B para estar bem. O auxiliar de Tite, Cléber Xavier, elogiou a dedicação do veterano lateral e sua forma atual. “Eu disse para eles me darem uma missão, e eu cumpri”, completou o jogador.

Não é a primeira vez. Em 2010, na África do Sul, Maicon estava em grande fase na lateral direita. Quando Elano se machucou e abriu uma vaga no meio, foi Daniel Alves quem a ocupou. Com 125 participações, é o terceiro que mais vestiu a camisa da seleção brasileira. Está atrás apenas de Roberto Carlos (132) e Cafu (150).

“A vida me ensinou que, quando você coloca sua mente naquilo que deseja, quando você coloca trabalho, dedicação, ela o leva a lugares inimagináveis. É isso o que está acontecendo agora”, declarou, prestes a disputar o terceiro Mundial da sua carreira.

Foi por causa desse tipo de mensagem, a mesma que passa na concentração aos companheiros mais jovens, que Tite o convocou. Mas não só por isso. Todas as vezes que ouviu ter levado Daniel Alves para a Copa apenas para unir os atletas, o técnico reagiu. Era também pelo futebol. A partida de hoje comprova isso.

FICHA TÉCNICA

CAMARÕES X BRASIL

Local: Estádio Lusail, em Lusail, no Catar

Data: 2 de dezembro de 2022, sexta-feira

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Ismail Elfath (Estados Unidos)

Assistentes: Kyle Atkins (Estados Unidos) e Corey Parker (Estados Unidos)

VAR: Alejandro Hernandez (Espanha)

CAMARÕES: Epassy; Collins Fai, Castelletto, N’Koulou e Nouhou Tolo; Anguissa, Hongla e Kunde; Mbeumo, Aboubakar (Toko Ekambi) e Choupo-Moting.

Técnico: Rigobert Song

BRASIL: Ederson; Daniel Alves, Éder Militão, Bremer e Alex Telles; Fabinho, Bruno Guimarães (Fred); Rodrygo (Everton Ribeiro); Antony, Gabriel Jesus (Pedro) e Gabriel Martinelli.

Técnico: Tite

ONDE ASSISTIR

O jogo terá transmissão da ao vivo na Globo, na CazeTV no YouTube (Streaming) e no Sportv (TV fechada). O DOL acompanha todos os lances em tempo real.

 

Fonte: Diário Online 

154 viewsPublicado por: Portal Capanema | em: 02/12/2022
COMENTE:
rgr capanema1
WhatsApp Image 2023-02-01 at 09.39.11
previous arrow
next arrow
rgr capanema
rgr capanema
previous arrow
next arrow