home NOTÍCIAS 341 views # CORONAVAC

CoronaVac é eficaz contra variante brasileira, indica estudo realizado em Manaus

Estudo foi feito por pesquisadores de instituições nacionais e internacionais e servidores das secretarias da Saúde de Manaus e São Paulo.

Resultados preliminares de um estudo feito com 67.718 trabalhadores da saúde de Manaus mostram que a vacina contra a covid-19 CoronaVac tem 50% de eficácia na prevenção da doença após 14 dias da primeira dose. A pesquisa do grupo Vebra Covid-19 é a primeira a avaliar a efetividade do imunizante em um local onde a variante P.1 é predominante. Mais detalhes sobre o estudo serão apresentados na tarde desta quarta-feira, 7. Os dados divulgados à imprensa são de uma análise interina e o artigo científico com os resultados deve ser publicado até o próximo sábado, dia 10. Ainda não há informações sobre a efetividade da vacina após 14 dias da segunda dose. 

  • 14 dias após a primeira dose, Coronavac tem 50% de eficácia contra variante brasileira
  • Estudo foi feito com 67 mil profissionais de saúde em Manaus
  • Dados da eficácia após a segunda dose ainda estão sendo recolhidos

Coronavac, vacina contra a covid-19 produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, é 50% eficaz contra a P1, variante brasileira do coronavírus. A efetividade do imunizante começa a valer a partir de 14 dias depois da primeira dose.

O índice de 50% diz respeito aos casos sintomáticos da covid-19. O grupo responsável pela pesquisa, Vebra Covid-19, considera os resultados encorajadores. Mais informações sobre o estudo serão divulgadas nesta quarta-feira (7).

A pesquisa envolveu 67.718 profissionais da saúde de Manaus. Os resultados da efetividade da vacina depois de 14 dias da segunda dose ainda estão sendo coletados e analisados.

341 viewsPublicado por: Portal Capanema | em: 07/04/2021
COMENTE:
Slider
Slider