home NOTICIA GERAL-02 51 views # ESPORTE

Comitê Brasileiro escolhe Belém para sediar a etapa regional das Paralimpíadas Escolares 2023

Estado foi selecionado por ter alcançado o melhor resultado na última edição da etapa regional


O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciou, na última terça-feira (22), que Belém será sede da etapa regional Norte e Nordeste das Paralimpíadas Escolares 2023. Segundo a organização, o Pará foi o escolhido por ter sido destaque na última edição da disputa. 

O estado ficou em primeiro lugar na regional Norte e Nordeste, que foi realizada em agosto deste ano, em Natal, no Rio Grande do Norte. Ao todo, os paraenses conquistaram 150 medalhas e diversas modalidades. 

“Pela importância das Paralimpíadas Escolares nós dividimos em regionais. Esse ano, por exemplo, aconteceu em Brasília (DF), Natal (RN) e São Paulo (SP). Escolhemos a cidade pela participação do Estado, pelo aumento de paratletas na competição, pelo incentivo às atividades para o aluno com deficiência visual e intelectual. Nós temos que valorizar os estados que valorizam o paratleta”, explicou o diretor de Desenvolvimento Esportivo do CPB, Ramon Pereira de Souza.
As Paralimpíadas Escolares são muito importantes para os jovens paratletas estão começando. A competição é responsável por revelar diversos talentos, como, por exemplo, o medalhista paralímpico Alan Fonteles. 

A Secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga, reforçou a importância de investir nos paratletas e de usar o esporte como forma de transformação social. 

“Essa escolha é fruto de todo esse investimento, seja através da Secretaria de Educação, seja através da Secretaria de Esporte para incentivar os nossos alunos que têm alguma deficiência para conquistar essa superação. É um momento de muita alegria, pois são frutos que o Governo do Pará tem quando trazemos uma competição dessa com certeza é uma forma de incentivar o nosso aluno a ingressar em algum esporte”, destacou Elieth de Fátima Braga. 

As Paralimpíadas Escolares deste ano ocorre entre os dias 23 e 25 de novembro A competição vai reunir mais de 1.300 atletas, de 26 estados brasileiros – Piauí é o único que não vai participar. 

As disputas serão em 14 modalidades:atletismo, badminton, basquete em cadeira de rodas (formato 3×3), bocha, futebol de cegos, futebol PC, goalball, halterofilismo, judô, natação, taekwondo, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

A delegação paraense é a segunda maior do Brasil, com 168 integrantes, sendo 120 paratletas. Geovana Garcia tentará uma medalha no judô, na categoria baixa visão. A judoca está empolgada para competir pela primeira vez fora de Belém e confiante para voltar com o título. 

“Eu estou muito ansiosa, mas confiante. A expectativa é ganhar, ganhar ou ganhar. A minha preparação foi bem intensa, apesar de ainda ser faixa branca. A experiência está sendo incrível”, relatou a paratleta.

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Fonte: O Liberal

51 viewsPublicado por: Portal Capanema | em: 23/11/2022
COMENTE:
rgr capanema1
38C5DBD3-FF78-47A1-A951-442A00BC52AB
previous arrow
next arrow
rgr capanema
rgr capanema
previous arrow
next arrow